Clube

 

Com a extinção do Humaitá Futebol Clube profissional, surgiu, em 1979, um movimento liderado pelo empresário Nelival Pereira Sá para a volta do futebol profissional em Vitória da Conquista. Então, em dezembro do mesmo ano, na Cooperativa Mista Agropecuária Conquistense, o Serrano Sport Club foi fundado pela diretoria executiva do antigo clube para representar a cidade no Campeonato Baiano da I Divisão. Na época, havia dois nomes em discussão para batizar o time: Ouro Verde Futebol Club, em alusão à cafeicultura conquistense, e Serrano Sport Club, referente à posição geográfica do município. Como fundadores do novo clube, estão Nelival Pereira Sá, José Salvador Freitas e Isnard Vasconcelos. Teve como presidentes: Paulo Philadelfo, Djalma Gusmão, Isnard Vasconcelos, Paulo Andrade, Francisco Estrela e Herbert Andrade. Atualmente, Alfredo Santos é quem preside o grupo.

Em três décadas, o Serrano, reconhecido por suas cores rubro-verdes, deu muitas alegrias à torcida, com retumbantes vitórias nas competições oficiais promovidas pela Federação Baiana de Futebol – FBF, apesar de ainda não ter ganhado um título de expressão na sua trajetória futebolística. O clube já participou do Brasileirão da III Divisão e, além dos jogos oficiais, promoveu grandes amistosos interestaduais que sacudiram as arquibancadas, a exemplo do amistoso contra o Flamengo do Rio de Janeiro em agosto de 1989.

MG_0294-Copia-635x256

Contexto atual 

A posição do Serrano Sport Club no ranking da Confederação Brasileira de Futebol, atualmente, é a de 162º. Em 2014, o time destacou-se no Campeonato Baiano conquistando a 4° colocação.